O que são Paradigmas de Programação?

Esse paradigma chega no resultado esperado a partir de avaliações lógico-matemáticas. Se você já estudou lógica de predicados, confortável se sentirá em entender curso de desenvolvimento web como uma linguagem nesse paradigma opera. Muitos problemas práticos em pesquisa operacional podem ser expressos como problemas de programação linear.

paradigmas de linguagens de programação

Na sequência o tema não detalha todos os paradigmas citados, mas destaca os mais conhecidos e comuns atualmente, sinalizando pontos forte e de atenção. Para exemplificar os paradigmas, é utilizado no decorrer do tema um exemplo bastante simples. Porém, o código imperativo pode ser detalhado e difícil de ler e manter, especialmente em bases de código maiores. O código imperativo também pode estar sujeito a erros e bugs, especialmente ao lidar com estado mutável, simultaneidade ou operações de baixo nível.

Séries sobre tecnologia: 8 séries imperdivéis para os amantes de Tecnologia!

Além disso, uma linguagem pode ser fortemente tipada, na qual a conversão de tipos geralmente não é realizada de forma implícita, ou fracamente tipada, cuja conversão é realizada de forma implícita em geral. Todas as instruções são através da invocação de funções passando um valor de entrada e esperando um valor de saída,
que pode ser o valor de entrada da função seguinte. O uso de OO é comum em modelagens complexas, que envolvem entidades e que visam soluções mais elaboradas. Embora atualmente pareça não fazer sentido implementar um código assim, essa era a possibilidade há muitas décadas atrás. Em continuidade ao exemplo inicial, a necessidade agora é fazer a soma dos números pares em um intervalo de 1 a 10 e apresentar o resultado.

Aqui, basicamente, o programador instrui a máquina sobre como devem ser computados os processos, em uma espécie de passo a passo detalhado dos procedimentos. O paradigma lógico, também conhecido como restritivo, é muito popular no setor de inteligência artificial. Ele leva este nome porque ao utilizar este paradigma, o programador ou programadora declara verdades lógicas imutáveis para as quais os resultados serão sempre os mesmos após suas interações.

Classificação da ACM[editar editar código-fonte]

Para quem é leigo, ou até mesmo novato no ramo, muitos conceitos podem causar alguma confusão, e entre eles estão os paradigmas de programação. Ao contrário do paradigma imperativo, o declarativo apenas declara as propriedades do resultado a ser obtido pela máquina, sem orientá-la acerca de como devem ser feitos os cálculos. Os eventos descritos no código fonte serão executados à medida que se realiza o preenchimento dos campos solicitados.

  • Embora o desenvolvimento de Low Code e No Code possa ser visto como abordagens alternativas à programação tradicional, eles não representam um novo paradigma de programação ou um substituto para os paradigmas existentes.
  • Os paradigmas são definidos muitas vezes pelo que permitem ou não permitem que uma linguagem realize.
  • Isso facilita a manutenção do código ao longo do tempo e melhora a colaboração com outros desenvolvedores.
  • Além disso, cada paradigma resolve necessidades diferentes de sistemas diferentes, então cada um deles – veremos com detalhes a seguir – representa um conjunto de técnicas mais adequadas para aplicações específicas.
  • A principal vantagem da programação lógica é que o programador só precisa definir qual parte do problema quer resolver, e o sistema encontra a melhor solução para esse problema.
  • A ideia principal por trás da programação paralela imperativa é dividir um programa em unidades menores e independentes de computação e, em seguida, executar essas unidades simultaneamente em várias unidades de processamento.

Um paradigma pode ser entendido como um tipo de estruturação ao qual a linguagem deverá respeitar. A depender do objetivo proposto, a solução que a linguagem oferecerá obedece a um tipo de paradigma. Portanto, o que vai definir o paradigma utilizado será a tratativa https://www.pragmatismopolitico.com.br/2024/01/curso-desenvolvimento-web-meses-alavancar-carreira.html dada ao problema. A linguagem de consulta de banco de dados SQL ( Structured Query Language ) é o exemplo mais comumente usado de linguagem baseada em modelo. Esse paradigma é pouco utilizado em aplicações comerciais, seu uso se dá mais na área acadêmica.

Quanto ao grau de abstração[editar editar código-fonte]

A OO determina que o código deve ser modelado de forma a se aproximar ao mundo real, e que o mesmo em execução no computador tenha tal modelagem representada por uma estrutura de objetos, características e ações. Tais objetos podem interagir uns com os outros modificando o estado do programa até que resultem nas saídas esperadas. A programação estruturada é útil e aplicável, porém seu uso sem considerar paradigmas complementares pode contribuir para códigos de baixa legibilidade. Destaca-se também neste paradigma a capacidade de modularização ou criação de subrotinas.

paradigmas de linguagens de programação


Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *